Desbravando o Brasil

No início dos anos 1960, com seu caminhão toco, a empresa Irmãos Contatto se dedicava rotineiramente ao transporte de pequenas cargas pelo interior do estado de São Paulo. O desejo de expandir os horizontes de Atílio Contatto ganhou impulso com a inauguração da cidade de Brasília (DF), que gerava forte demandas de mão-de-obra e de transporte. Para se aventurar Brasil afora, Contatto quis um caminhão à altura de sua ousadia: o recém-lançado Scania L-75, considerado um troféu para os transportadores de carga da época. Com o cavalo mecânico em mãos e um implemento para carga seca, Atílio Contatto puxava produtos siderúrgicos e ferro rumo à região Centro Oeste e retornava com grãos. A partir de 1964, a empresa mudou sua configuração social, passou a chamar-se Transportadora Contatto e enveredou no transporte de produtos perigosos. Firme e forte, o L-75 ganhou um implemento tanque e transportou componentes químicos até os anos 1980, quando ‘se aposentou’, segundo conta Atílio Contatto Junior. “Na verdade, mantivemos o caminhão fazendo manobras no pátio até 1985, sempre bem preservado”, diz.

Vendê-lo nunca passou pela cabeça dos donos. “Tem um valor sentimental muito forte”, afirma Contatto Júnior. Hoje o veículo é mantido dentro de uma redoma de vidro e só é retirado em ocasiões especiais.

 “O L 75 tem um valor sentimental muito forte”, Atílio Contatto, Transportadora Contatto.

Categorias e tags

Categorias: Scania Brasil

Compartilhar e salvar esta notícia



Comentários